Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Paulo Paim critica deputados federais e disse que reforma será barrada no Senado


Paim disse que Reforma será barrada no Senado

Núcleo de Comunicação Minas Melhor

Foto: Willian Dias/ALMG

O senador Paulo Paim (PT-RS) afirmou que “os deputados federais não fazem ideia do que estão votando contra o povo”. A afirmação foi apresentada durante audiência pública da Comissão de Trabalho, da Previdência e da Assistência Social, realizada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais na quinta-feira (27/04).

Paulo Paim, que preside a CPI da Previdência, criada para auditar os dados para descobrir se existe e qual é a fonte do possível rombo previdenciário, disse que apesar de aprovada pelos deputados federais a reforma trabalhista deve ser barrada no Senado, onde começa a tramitar.

Paim afirmou que as reformas propostas pelo Governo Federal são “uma covardia e uma irresponsabilidade sem tamanho contra o povo brasileiro”. Para o Senador, a Previdência tem que cobrar de quem deve a ela e não do trabalhador.

De acordo com dados apresentados pelo Senador, a dívida das empresas que mais devem à Previdência gira em torno de R$ 1 trilhão, que não são cobrados.

Greve Geral - O presidente da Comissão de Trabalho, da Previdência e da Assistência Social, deputado Celinho do Sinttrocel (PCdoB), lembrou a atuação como sindicalista e convocou os trabalhadores a aderirem a greve geral programada para o dia 28/05. Segundo ele, vai ser a maior paralisação da história.

O deputado ainda assumiu o compromisso de ajudar na divulgação do nome dos parlamentares que votarem a favor das reformas. “A PEC 55 (Teto dos Gastos) e a Terceirização foram crimes contra a população, e agora veio a Reforma Trabalhista. O cidadão tem que saber e poder avaliar quem tem compromisso com o trabalhador e quem tem compromisso com o empresariado”, alertou.

O deputado Geraldo Pimenta (PCdoB) também convocou os trabalhadores e estudantes a aderirem a greve. “Só com o povo nas ruas poderemos barrar essa atrocidade que estão tentando fazer com a população”.

Dr. Jean Freire (PT) comunicou que seu o gabinete estará fechado na sexta-feira (28/05) em adesão a greve geral e convocou a população do interior do estado a também aderir a greve.

O deputado justificou a ausência do 1º Secretário da Casa, deputado Rogério Correia (PT) e da deputada Marília Campos (PT), coautores do requerimento da audiência, que estavam em compromissos do mandato fora da Assembleia.


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes