Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Comissão de Trabalho vai priorizar reformas da Previdência e Trabalhista

Núcleo de Comunicação Minas Melhor

  Foto: Guilherme Bergamini/ALMG


O deputado Celinho do Sintrocell (PCdoB) garantiu que a Comissão de Trabalho, da Previdência e da Assistência Social vai discutir a Reforma da Previdência apresentada pelo governo federal por meio da proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287/16, que iguala a idade de aposentaria em 65 anos para homens e mulheres e exige uma contribuição de 49 anos para aposentadoria.

O parlamentar, que foi eleito presidente da Comissão na quarta-feira (22/03), destacou que os deputados estaduais estão unidos contra a perda de direitos constituídos que a PEC pode causar. “A prioridade da comissão será discutir a reforma da Previdência e também a trabalhista. Vamos fazer um trabalho intenso dentro do estado de Minas Gerais, em todas as regiões, discutindo com o movimento sindical, com as centrais, com as federações, com a representação patronal e com todos os seguimentos do nosso estado, para que a gente possa assegurar aos trabalhadores que não ocorra uma reforma que possa prejudicá-los”, defendeu

Celinho disse ainda que a comissão vai atuar junto com a Comissão Extraordinária da Previdência e que, nas próximas semanas, deve percorrer os municípios mineiros, discutindo a PEC 278/16.


A deputada Geisa Teixeira (PT), eleita vice-presidente da comissão, ressaltou a importância da participação dos movimentos sociais na luta contra as reformas da Previdência e trabalhista. “A participação popular será fundamental para que possamos pressionar os deputados federais e senadores para que não aprovem essa proposta que vai tirar os direitos e prejudicar os trabalhadores brasileiros”, reforçou.



Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes