Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Pimentel recebe integrantes do Movimento dos Atingidos por Barragens


A reunião aconteceu no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte

Núcleo de Comunicação Minas Melhor    Foto: Manoel Marques/ImprensaMG

O governador Fernando Pimentel recebeu, na última quinta-feira (16/3), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, representantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e de outros movimentos sociais, para discutir propostas e reivindicações. A pauta apresentada será analisada pelas diversas secretarias de Estado.

Participaram da reunião o deputado estadual Rogério Correia (PT ), os secretários de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, Nilmário Miranda; de Trabalho e Desenvolvimento Social, Rosilene Cristina Rocha; e de Governo, Odair Cunha, secretários adjuntos de Desenvolvimento Agrário, Alexandre Chumbinho; e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Germano Vieira, e o presidente da Cemig, Bernardo Alvarenga.

Na terça-feira (14/03), os atingidos comemoraram o Dia Internacional de Luta Contra as Barragens, pelos Rios, pela Água e pela Vida. Entre os motivos que levaram o  Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) a tomar as ruas durante a semana, estão a denúncia do crime ocorrido em Mariana, de responsabilidade da Samarco, Vale e BHP Billiton. Atualmente, por meio de um “Acordão” entre empresas, governo e justiça, querem colocar o Banco Mundial para coordenar e proteger as empresas e impedir a justa reparação dos direitos dos atingidos na bacia do Rio Doce. Entendemos que somente a luta vencerá a lama.

O MAB exige a criação de uma Política Nacional de Direito das Populações Atingidas por Barragens (PNAB), planos de recuperação das regiões atingidas, criação de um fundo nacional e um órgão responsável para garantir os direitos. Esta proposta foi entregue aos governos desde 2011 e nada foi feito.

O movimento cobra do Governo Federal e da ANEEL a revogação da decisão da Agência em diminuir em 23% o valor da Tarifa Atualizada de Referência (TAR) para fins de Compensação Financeira por Uso de Recursos Hídricos (CFURH) para a União, estados e municípios.

E os atingidos se somam a outros trabalhadores contra o desmonte da Previdência que tem por objetivo acabar com a aposentadoria pública e privatizar o sistema de seguridade social.



Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes