Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Bosco rebate tentativa da oposição de desvalorizar projeto de integração regional aéreo

Núcleo de Comunicação Minas Melhor

Foto: Assessoria Comunicação deputado Bosco


O vice-líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Bosco (PTdoB) rebateu na quarta-feira (08/03) as críticas feitas por deputados da oposição ao projeto de integração regional desenvolvido pelo governo do estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) e da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), com voos que ligam a capital mineira a 18 cidades de Minas Gerais.

“Essas cidades estão às margens do interesses das grandes companhias aéreas. Então o governo do estado contratou, por meio de licitação, uma empresa que é registrada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e que hoje faz essa importante interligação entre esses municípios. Minas Gerais é um estado muito grande e esses projeto vai contribuir para o fomento da nossa economia”, disse.

Ao ser questionado sobre a existência de aeronave oficial do governo, Bosco foi categórico. “Essa aeronave está a serviço do governo. A empresa aérea, a serviço da população mineira”, reforçou.

A iniciativa considerada inédita responde às diretrizes estratégicas do plano de governo de levar ações de desenvolvimento econômico aos diversos territórios de Minas Gerais.

Para tornar viável a interligação aérea do interior com Belo Horizonte, a Codemig realizou pesquisa de mercado ouvindo 2.100 pessoas em 31 municípios, verificou a aceitação do emprego de aviões monomotores de baixo custo operacional e assumiu o projeto econômico do empreendimento, afretando aeronaves para o transporte não regular de passageiros e cargas.


A vencedora da licitação pública na modalidade de Ata de Registro de Preços foi a empresa TWO Taxi Aéreo Ltda., que opera desde 2001 aviões Cessna Grand Caravan 208 B, homologados atualmente pela Anac para o transporte de nove passageiros.
Para a venda dos assentos de cada voo, a Codemig licitou a operação de e-commerce. Os vouchers podem ser adquiridos por meio de aplicativos para tablets e smartphones ou pelo site www.voeminasgerais.com.br.


O presidente da Codemig, Marco Antônio Castello Branco, destacou o papel de fomento da economia através do modal aéreo. “Nosso objetivo não é competir com a aviação comercial tradicional, mas criar um modelo sólido e viável para complementá-la, usando empresas privadas e a infraestrutura aeroportuária já instalada”, explicou.

A Codemig acredita em um aumento crescente da demanda e ressalta que o Voe Minas Gerais é um projeto de fomento, realizado em parceria com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop). Para Minas, que possui uma área de quase 600 mil quilômetros quadrados, investir na regionalização por meio do transporte aéreo é estratégico e indispensável para atender a meta de redução das desigualdades nos 17 territórios de desenvolvimento criados pelo governo do estado.

Cidades atendidas pelo Projeto de Integração Regional de Minas Grais

Belo Horizonte
Almenara
Araxá
Curvelo
Diamantina
Divinópolis
Juiz de Fora
Lavras
Manhuaçu
Muriaé
Passos
Patos de Minas
Ponte Nova
Pouso Alegre
São João Del Rei
Teófilo Otoni
Ubá
Varginha
Viçosa


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes