Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Ruralminas e Deop serão incorporados por outras instituições do governo


Vanderlei Miranda (centro) foi o relator do PL da Ruralminas

Núcleo de Comunicação Minas Melhor

Foto: Guilherme Bergamini/ ALMG


A reforma administrativa proposta pelo governador vai proporcionar melhorias na qualidade dos serviços que o Estado presta ao cidadão mineiro. Entre os setores que passarão por essas transformações estão a Fundação Ruralminas, que deverá ter os serviços incorporados pelas secretarias de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento e de Desenvolvimento Agrário e o Departamento de Obras Públicas do Estado (Deop), que será absorvido pelo Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG).

Os projetos de lei (PLs) que tratam da extinção dos órgãos foram aprovados na quarta-feira (03/08) em primeiro turno pelas comissões de Fiscalização, Financeira e Orçamentária e Administração Pública da Assembleia Legislativa.

De acordo com o relator do PL 3.510/16, deputado Vanderlei Miranda (PMDB), a junção dos órgãos não significa demissão dos servidores efetivos nem o fim dos trabalhos já desenvolvidos. “As secretarias vão absorver esses servidores efetivos com suas funções e salários. Já os cargos de recrutamento amplo não estão garantidos”, explicou.

De acordo com dados do governo, a Ruralminas tem hoje 82 servidores, a metade ocupando cargo de confiança. Dos 200 servidores do Deop, metade ocupa cargos de recrutamento amplo.

Com a reforma do governo, que prevê a extinção de autarquias e fundações, cerca de 700 cargos de recrutamento amplo, aqueles ocupados por pessoas que não prestaram concurso, serão extintos. O líder do governo, Deputado Durval Ângelo (PT), disse que a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão calcula uma economia de R$ 300 milhões por ano, a médio e longo prazo.


No entanto, Durval Ângelo lembrou que desde o ano passado o governo trabalha na redução do deficit de mais de R$ 7 bilhões deixado pelos governos do PSDB. “O governo economizou R$ 2 bilhões com contingenciamento em março desse ano. Com a reforma não temos um cálculo global, mas essa avaliação da secretaria de Planejamento justifica a nova reestruturação”, completou.


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes