Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Balanço de 2014 confirma que tucanos ampliaram rombo nas contas públicas

Núcleo de Comunicação Minas Melhor

Foto: Divulgação


O balanço orçamentário do governo estadual, aprovado na quarta-feira (13/04) pela Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária, comprovou que em 2014, último ano do governo tucano em Minas Gerais, o estado gastou mais do que arrecadou, ampliando o rombo nas contas públicas.

De acordo com o relatório, o volume de recursos arrecadado naquele ano foi de R$ 73,35 bilhões e as despesas contabilizaram R$ 75,51 bilhões, o que resultou em déficit fiscal de R$ 2,16 bilhões.

Dados do balanço apontaram queda na arrecadação de 2,22%, menos da metade dos 5,75% previstos no orçamento. Mesmo assim, o estado gastou 5,02% a mais do que podia.

O ano de 2014 foi ruim também para a produção econômica de Minas Gerais. Segundo a Fundação João Pinheiro, o PIB Mineiro sofreu uma queda de quase 1%, ficando abaixo da produção nacional. A explicação, segundo o relatório, foi a queda de 12,31% das exportações, principalmente no setor minerário.

O governo tucano registrou ainda, no último ano de gestão, um gasto de R$ 203,23 milhões. A dívida consolidada do estado atingiu R$ 85,27 bilhões, representando 178,96% da Receita Corrente Líquida (RCL).

Para o líder do Bloco Minas Melhor, Rogério Correia (PT), esses dados revelam que o “choque de gestão”, tanto divulgado pelos governos do PSDB, não foi eficiente.

O líder do governo, Durval Ângelo (PT) se manifestou na mesma linha. “Esse déficit ajudou a consolidar a diferença de R$ 7,2 bilhões que encontramos no ano passado. Faz parte da herança maldita que os tucanos deixaram para Minas Gerais”, disse.  


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes