Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Com 32 deputados e 7 partidos, Minas Melhor se mantém como o Bloco mais forte da ALMG

Núcleo de Comunicação Minas Melhor

Foto: Guilherme Bergamini/ALMG


Terminada a janela eleitoral que permite a troca de partidos pelos parlamentares sem a perda do mandato, o Bloco Minas Melhor, base do governador Fernando Pimentel na Assembleia Legislativa, se manteve com 32 deputados, configurando o maior bloco da Casa, com deputados do PMDB, PT, PCdoB, PTdoB, PRB, PR e PROS.

Entre as alterações está a saída do deputado Ricardo Faria (PCdoB), que assumiu a Secretaria de Estado de Turismo no lugar do deputado Mário Henrique Caixa, que assinou com o PV e passou a integrar o Bloco Compromisso com Minas, que tem votado junto com o governo. “Todas essas mudanças fortaleceram ainda mais o bloco que dá toda a sustentação ao governo Fernando Pimentel. Vamos continuar trabalhando no sentido de dar essa governabilidade ao Executivo e seguindo na aprovação de projetos de lei, para que possamos melhorar a qualidade de vida dos mineiros”, disse o vice-líder do bloco, Celinho do Sinttrocel (PCdoB).

Os ex-deputados petistas Paulo Lamac e Elismar Prado deixaram também o Bloco. O primeiro assinou com a REDE enquanto o representante do Triângulo Mineiro seguiu sem partido. Outro deputado que deixou a base foi Emidinho Madeira, que saiu do PTdoB para ingressar no PSB.

A compensação se deu com a chegada de três novos integrantes do PMDB Isauro Calais (ex-PMN), Douglas Melo (ex-PSC) e Thiago Cota (ex-PMB), o que fez com que o partido formasse a maior bancada do parlamento com 13 deputados (além de outros dois que ocupam secretarias de estado). “São três companheiros que têm um peso muito grande e acrescentam muito à bancada do PMDB e a base aliada. Não me lembro, nas legislaturas passadas, de uma base tão ampliada e com tanta musculatura como essa”, ressaltou o líder da maioria, deputado Vanderlei Miranda (PMDB).

Além disso, o bloco passou a contar com o apoio do Missionário Márcio Santiago, que deixou o PTB para fazer parte do PR. O deputado Léo Portela, que já fazia parte do Bloco, apenas trocou o PR pelo PRB.

Para o líder do Minas Melhor, deputado Rogério Correia (PT), essas mudanças são legais e democráticas. Ele ressaltou que a manutenção dos 32 parlamentares mostra a força da base aliada na Assembleia. “O fundamental é manter uma base forte e uma união entre todos os partidos que defendem este governo. Como Bloco temos aprovado projetos importantes para Minas Gerais e vamos seguir com essa unidade e com essa força, trabalhando em favor do governador Fernando Pimentel e dos mineiros e mineiros”, disse.

O vice-líder Cristiano Silveira (PT) ressaltou que a unidade e a força do Bloco Minas Melhor se consolida com as votações da última semana, quando foram mantidos cinco vetos do governador Fernando Pimentel a diferentes projetos e aprovados os projetos dos servidores da Educação. “Todos os partidos do Bloco têm desempenhado um papel importante para a construção de uma nova política para Minas Gerais. O PMDB foi eleito junto conosco para poder viabilizar o programa de governo vitorioso nas últimas eleições e o que nos norteia é isso, fazer o melhor para o estado”, disse.


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes