Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Titulo de Cidadão Mineiro para Moro é rejeitado na Comissão de Segurança


Por três votos a dois a base do governo rejeitou o requerimento proposto pela oposição

Por Ilson Lima

Rejeitamos porque título de cidadão honorário não é de competência de comissão, tem que passar pelo plenário, e também porque achamos que o juiz Sérgio Moro não merece o título de cidadão honorário de Minas, já que ele nada fez pelo Estado”, afirmou o líder do governo, deputado Durval Ângelo (PT), sobre a votação do requerimento de concessão do título de cidadão honorário ao juiz Sérgio Fernando Moro. Titular da 13ª Vara da Justiça Federal de Curitiba, Sérgio Moro é conhecido nacionalmente pela condução da Operação Lava Jato.

A votação do requerimento proposto pelos deputados da oposição se deu na reunião da Comissão de Segurança Pública na terça-feira (22/03). Enquanto os deputados João Leite (PSDB) e Sargento Rodrigues (PDT) votaram a favor, os deputados Durval Ângelo e Cristiano Silveira, do PT, e João Alberto (PMDB), votaram pela rejeição.

O líder do governo criticou a performance de Moro na Lava Jato, alegando que se tivesse de homenageá-lo seria dando-lhe como presente um exemplar da Constituição Federal. “Esse juiz está traindo e descumprindo a ordem legal, querendo agir como justiceiro”, alegou. Para Durval, a rejeição à concessão do título foi regimental mas também política. “Minas é conhecida como o lugar da liberdade, dos libertários e dos inconfidentes, como disse o avô de um ex-candidato à presidente da República”, frisou o parlamentar.

O deputado Durval Ângelo ponderou que por todos os motivos citados o juiz Sérgio Moro é uma persona non grata em Minas Gerais.




Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes