Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Seminário debate gestão de recursos hídricos no Estado

Núcleo de Comunicação Minas Melhor

Foto/ALMG


Na semana em que se comemora o Dia Mundial da Água (22/03) a Assembleia Legislativa foi palco de um amplo debate sobre a gestão dos recursos hídricos em Minas Gerais. O debate popular aconteceu a partir de uma solicitação do deputado Iran Barbosa (PMDB), que reuniu as comissões de Meio Ambiente e da Águas.

Iran Barbosa, que presidiu a sessão, disse que o debate é fundamental para a construção de um novo marco legal que regule a gestão da água e também dos descartes e tratamentos dos resíduos sólidos. “Passamos por uma das mais fortes crises hídricas registradas em nosso Estado. A redução no consumo de água e o retorno das chuvas aliviaram nossos sistemas, mas não solucionou o problema. Ainda é preciso discutir muito sobre os caminhos a serem tomados para a preservação dos nossos rios e bacias, e buscar melhorias para os sistemas de captação e distribuição de água em Minas”, afirmou Iran.

O debate foi baseado nas 36 propostas elaboradas a partir do seminário Águas de Minas III realizado no ano passado. O coordenador do Comitê do seminário, Antônio Ribeiro, disse que já existe embasamento legal para que as propostas saiam do papel.

O diretor de Gestão das Águas e Apoio aos Comitês de Bacias da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Breno Esteves Lasmar, disse que o Conselho Estadual de Recursos Hídricos está definindo as áreas de risco ambiental para que sejam consolidadas políticas específicas de proteção. Além disso, destacou que são pontos de relevância o saneamento básico, o monitoramento da qualidade da água e a estruturação dos comitês.

Já o representante da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), Leonardo Ladeira, disse que o Estado tem se organizado para dar respostas rápidas para a questão hídrica. 

O secretário Executivo do Comitê da Bacia Hidrográfica do Paracatu, Antônio Eustáquio Vieira defendeu a boa gestão dos recursos, a recuperação de nascentes e disse que mais do que o Estado é preciso cobrar envolvimento de toda a sociedade.

Durante o debate, a maior preocupação foi sobre a recuperação das bacias hidrográficas. O deputado Dr. Jean Freire (PT) defendeu ainda a utilização social das águas. “Sou testemunha viva de que em muitos lugares no Vale do Jequitinhonha, falta água nas torneiras das pessoas, mas não falta água para as plantações de eucaliptos nem para molhar as estradas de terra por onde passam os caminhões”. alertou.


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes