Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Cultura do interior é a que mais sofre com a falta de recursos, afirma deputado


Ouro Preto recebeu o 1º de doze Fóruns Técnicos que serão realizados pelo estado

Núcleo de Comunicação Minas Melhor

Foto: Guilherme Scarpellini/ Assessoria dop Bosco

Durante a abertura do 1º Fórum Técnico que discute o Plano Estadual de Cultura, realizado na segunda-feira (22/02) em Ouro Preto, o presidente da Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa, deputado Bosco (PTdoB), defendeu que o sistema de financiamento para o setor seja prioridade na elaboração do orçamento do estado. “A cultura vive com o pires nas mãos, sobretudo no interior de Minas Gerais. Não é possível fazer cultura sem recursos”, alertou. Além do parlamentar, a deputada Cristina Correa (PT), que também faz parte do bloco Minas Melhor, participou da abertura. 

Em sintonia com o deputado, o secretário de Estado de Cultura, Ângelo Oswaldo, disse que somente com os planos estadual e municipais muito bem estruturados, será possível reivindicar as ações e os recursos previstos no Plano Nacional de Cultura. “É fundamental que tenhamos esses instrumentos, um documento básico, uma normativa que catalise todas as forças no campo das políticas voltadas para a cultura”, disse.

Durante o encontro em regional realizado no Centro de Artes e Convenções da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), representantes de diversos segmentos da Cultura discutiram as várias propostas apresentadas no Plano, que foi elaborado pelo Secretaria e pelo Conselho Estadual de Cultura, com objetivo de pontuar melhorias e apresentar novas propostas para a elaboração de um documento final. “Queremos levar para a Assembleia um Plano que esteja em sintonia com todos os segmentos culturais de nosso estado”, disse o deputado Bosco.

O parlamento mineiro terá a obrigação de votar o Plano ainda este ano, já que, durante a gestão do PSDB em Minas Gerais, o governo não deu encaminhamentos às discussões junto à sociedade e nem encaminhou o documento à Assembleia.  

Após a abertura dos trabalhos e apresentação da primeira versão do Plano Estadual de Cultura, os participantes se dividiram em três grupos de trabalho, para discutir os temas elencados pela comissão organizadora do Fórum Técnico: Garantias de direitos culturais; Sistema estadual de cultura; e Sistema de financiamento à cultura. A partir das sugestões apresentadas, será elaborado um documento com as propostas elencadas pelos participantes.

A reunião em Ouro Preto é a primeira de 12 encontros regionais que vão percorrer o estado, no sentido de ampliar as discussões agregando a pluralidade cultural e regional de Minas Gerais.


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes