Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Familiares denunciam tortura na penitenciária de Contagem


Familiares estão preocupados com a vida dos detentos ameaçados

Núcleo de comunicação Minas Melhor

Foto: Décio Junior

Uma denúncia de tortura contra detentos recolhidos na penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, feita por parentes dos presos, deve ser oficialmente apresentada à Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa na próxima quarta-feira (24/05). A iniciativa partiu do deputado Rogério Correia (PT), líder do Bloco Minas Melhor, que após o término da reunião ordinária da hoje (17/02), recebeu os familiares que estavam presentes na galeria do plenário.

Segundo a representante dos parentes, Cláudia Aparecida Juscelino, os presos estariam sendo torturados durante a noite. “Eles estão pedindo para os presos se suicidarem, pois se não eles vão matar”, alertou.

Ela reclama que as visitas também estão sendo canceladas pois os presos estariam de castigos e que os familiares não informados sobre os motivos. “Estamos aqui pedindo ajuda. Eles estão presos, pagando pelo erro que fizeram, mas são humanos e estão sendo tratados como bichos. Batem, torturam e estão ameaçando. Eles vão matar os presos e vão dizer que foi suicídio”.

Na reunião, foi apresentado um áudio que, de acordo com os familiares, seria de um suposto agente do Grupo de Intervenção Tática (GIT) que faz insulto aos presos e comparações chulas e de baixo moral do ser humano. “A violência que os presos sofrem dentro da cadeia não aparece na imprensa”, disse um dos familiares.

Para o deputado Rogério Correia as denúncias são graves, mas que tudo deve ser apurado com cautela e rigor. “Vamos tentar aprovar um requerimento na Comissão de Direitos Humanos e convidar o diretor da penitenciária, a Ouvidoria, Defensoria e Ministério Público, além da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e, se isso estiver realmente acontecendo, tem que haver punição. Tortura é crime inafiançável e isso precisa cessar. As pessoas devem ser tratadas na prisão dentro da lei e não pode haver justiça com as próprias mãos. Não vamos permitir que isso aconteça”, defendeu.


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes