Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Casos de violência política no Norte de Minas vão ser discutidos em audiência

Núcleo de Comunicação do Bloco Minas Melhor

Foto: Gui Gomes / Reprodução

A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa aprovou, na terça-feira (13/11), requerimento para debater, em audiência pública, supostos ataques à população geraizera, povo tradicional do Norte de Minas que vive no Cerrado. O pedido é de autoria do presidente do colegiado, deputado Cristiano Silveira (PT).

Segundo o gabinete do parlamentar, os alvos dos ataques foram, em especial, as lideranças dos geraizeiros. Entre as supostas violações, estariam ataques às residências de líderes do grupo na cidade de Novorizonte, em decorrência do clima de acirramento das eleições de outubro.

“Durante as últimas eleições, o clima de medo e violência se espalhou pelo País, culminando em diversos casos de violência. Esses casos merecem atenção e cuidado, para reparar eventuais injustiças e dar voz aos ofendidos”, pontuou o deputado.

Tuberculose - Outro requerimento, também de autoria de Cristiano, pede que as secretarias de Estado de Saúde (SES) e de Administração Prisional (SEAP), além da Subsecretaria de Vigilância e Proteção à Saúde da SES, da Comissão Carcerária da OAB em Barbacena e da Vara Criminal e de Execuções Criminais da Comarca da mesma cidade, visitem o presídio municipal.

O local, que já apresenta dois casos de tuberculose entre os detentos, vai ter verificadas as suas condições sanitárias, higiênicas e estruturais. Segundo Cristiano, a superlotação do presídio pode provocar mais casos da doença, agravando a situação.


Os deputados Marília Campos e Dr. Jean Freire, ambos do PT, também estiveram presentes à reunião.


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes