Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Paulo Guedes ressalta melhorias na segurança pública em Minas

Núcleo de Comunicação do Bloco Minas Melhor

Foto: Flávia Bernardo / ALMG

Durante reunião da Comissão de Segurança Pública na terça-feira (10/7), o deputado Paulo Guedes (PT) reclamou dos excessos cometidos pelo presidente da comissão, deputado Sargento Rodrigues (PTB), que continuadamente realiza audiências públicas para manchar a imagem das corporações policiais do Estado. Paulo Guedes destacou que a segurança pública em Minas vive um momento de reequilíbrio, com melhora comprovada nos índices oficiais de violência e que a população está sentindo que os crimes diminuíram no Estado, comparado ao resto do país.

“Os investimentos que o governo Fernando Pimentel vem fazendo nas forças de segurança está mostrando resultados e isso precisa ser reforçado aqui na Assembleia. Não podemos aceitar esse carnaval do deputado Sargento Rodrigues, que só quer o quanto pior, melhor. Essa não é a nossa função”, avaliou o parlamentar.

Paulo Guedes condenou também a forma agressiva como estariam sendo tratadas as forças policiais em Minas Gerais. Para ele, a Comissão está virando palco para se passar uma ideia de caos na segurança pública, além de denegrir a imagem dos chefes das polícias Civil e Militar.

Polícia Civil – Sobre a discussão na audiência pública que questionava a gestão de João Octacílio à frente da Polícia Civil, Paulo Guedes explicou que o governo do estado tem a prerrogativa de substituição na chefia da entidade, buscando resultados técnicos e motivação política. O deputado ainda destacou que, “de acordo com informações oficiais, na nova gestão já foram feitas mais de 70 operações policiais, enquanto que na anterior nenhuma operação teria sido realizada”, pontuou.

Queda - O ano de 2017 fechou com a menor taxa de registros de homicídios desde 2011, com 18,8 vítimas do crime a cada 100 mil habitantes. Na comparação com o ano anterior, há queda também de 6% no número de vítimas de homicídios, considerando os 853 municípios mineiros. Na avaliação da capital, a redução é de 11 %.

Já o número de registros de roubo fecha 2017 com queda de 14 % em Minas e 17,4% em Belo Horizonte, depois de seis anos seguidos de aumentos mensais. A taxa anual de roubos, de 534,3 registros a cada 100 mil habitantes, é a menor desde 2015, apontando para uma reversão do quadro deste tipo de crime contra o patrimônio.

Avaliando os 12 indicadores monitorados pela Secretaria de Segurança Pública (Sesp), por meio do Observatório de Segurança Pública Cidadã, oito apresentam redução. Alguns com percentuais expressivos nos números de registros, como a extorsão consumada (-35%) e a extorsão mediante sequestro (-35%). Já o estupro de vulnerável tentado e consumado continua como o grande desafio do sistema de segurança pública para o ano de 2018.

Na avaliação das cidades do interior do estado, dados do Observatório mostram que 66,7% dos municípios mineiros não tiveram registros de homicídios consumados, ou mantiveram ou reduziram seus índices em relação ao ano anterior. Quando mesma análise é realizada considerando o crime de roubo, o estudo aponta 58% das cidades na mesma situação.


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes