Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Marília Campos propõe audiência pública para ativar transporte ferroviário na RMBH


Linha de passageiros entre BH e Vitória - ES, uma das poucas em atividade regular no País

Núcleo de Comunicação - Bloco Minas Melhor

Foto: Reprodução

A Comissão Pró-Ferrovias Mineiras da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizou sua primeira reunião ordinária na quinta-feira (7/6) e já aprovou requerimentos para realização de audiências públicas em várias cidades do interior, para ouvir a população e discutir a ampliação do transporte de passageiros e cargas no estado. A importância de retomada dos investimentos no setor e as alternativas para estimular a reativação e construção de linhas ferroviárias em Minas, estão em pauta urgente depois da greve dos caminhoneiros, que expôs as dificuldades enfrentadas pelos brasileiros que dependem excessivamente do transporte rodoviário.

A deputada Marília Campos (PT) é titular da comissão e solicitou a realização de audiência pública para discutir a situação do modal ferroviário na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), que une 22 cidades do entorno da capital. “Nós temos um metrô deficitário e um verdadeiro anel ferroviário desativado que poderia transportar milhares de passageiros por dia na grande BH, melhorando a qualidade de vida pessoas, o meio ambiente e ainda ativando a economia dessas cidades, que contariam novamente com o trem em seu cotidiano”, sugeriu Marília.

As regiões do Jequitinhonha e Mucuri foram lembradas pelo deputado Dr Jean Freire (PT), pois nas décadas de 1960, 1970 e 1980 foram desativadas a maioria das linhas e estações férreas que ligavam o nordeste do estado com outras regiões do País. “Essa é mais uma triste herança dos governos da ditadura militar na vida do povo da nossa região. Quando os vales perderam o trem para transporte de pessoas e mercadorias, nossa economia piorou e o desenvolvimento retardou. Precisamos da volta do trem para melhorar nossas vidas”, explicou Dr Jean.

O deputado apresentou requerimento para a realização de audiência pública com o objetivo de discutir a volta da histórica ferrovia Bahia-Minas e as possibilidades de sua reativação.

Decisão – A Mesa da Assembleia criou a comissão extraordinária pelo carater imprescindível que a retomada do transporte ferroviário trará para o crescimento econômico estadual e a necessidade de solução dos problemas de mobilidade e de logística, evidenciados pela crise dos combustíveis. O contexto de renovação antecipada das concessões da malha ferroviária, em curso pelo governo federal, também foi decisivo para a criação da comissão da ALMG.

Patrimônio - Outros fatores que influenciaram a decisão foram a existência de estrutura ferroviária subutilizada ou abandonada em diversos pontos de Minas, bem como a importância econômica, histórica e sociocultural desse patrimônio público.



Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes