Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Comissão de Meio Ambiente acompanha de perto os problemas de abastecimento de água em Brumadinho

Assessoria da Deputada Marília Campos

Edição: Núcleo de Comunicação Bloco Minas Melhor

Atendendo a requerimento aprovado na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável pela deputada Marília Campos (PT), foi realizada pela Assembleia Legislativa na quinta-feira (03/05), audiência pública no distrito de Casa Branca, município de Brumadinho, Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). A reunião debateu os problemas de abastecimento de água no distrito, pois os recursos hídricos abundantes em Brumadinho não têm garantido fornecimento, com residências abastecidas ainda por meio de caminhões-pipa.

“A comunidade participou das discussões e se posicionou. Foi uma aula de cidadania. Com isso, a decisão que vier a ser tomada pela maioria, se fortalecerá. Nosso mandato vai continuar junto com a população, acompanhando cada passo. Estou confiante que vamos encontrar juntos a melhor alternativa para a região”, avaliou.

Dúvidas - Após os debates, os mais de cem participantes mostraram-se divididos quanto à instalação de hidrômetros e quanto ao serviço de esgotamento sanitário proposto pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa). Muitos querem aderir ao sistema proposto e outros preferem que a Prefeitura estimule a autogestão do recurso natural. Marília Campos sugeriu que fosse criada uma comissão com representantes da comunidade para propor um plano de trabalho entre a empresa estatal e a Prefeitura, que será acompanhado pelo mandato da deputada. Esse grupo percorrerá os bairros e será coordenado pelo secretário adjunto municipal de Obras de Brumadinho, Leandro Gilmar Rezende.

O diretor de Operação Metropolitana da Copasa, Rômulo Thomaz Perilli, reforçou que a empresa tem obrigações sociais com o município e já está assumindo alguns distritos e localidades, colocando a rede de água e esgoto dentro dos padrões exigidos. Mas informou que só poderão agir se ocorrer a adesão dos moradores.

O vereador de Brumadinho, Flávio Miranda Carvalho, um dos articuladores do encontro, destacou que a captação de água na cidade foi feita a partir de 12 nascentes na região, há mais de 30 anos, e que ainda permanece a mesma, mesmo com o crescimento da população. Para ele, é preciso evitar o desperdício. Segundo a representante da Associação de Moradores de Casa Branca, Marilene Ramalho dos Santos, Brumadinho é rica em água, mas seria mal administrada. "No meu bairro, vivemos uma humilhação. As crianças às vezes faltam à aula por não poderem tomar banho”, denunciou Marilene.

Itinerante - Marília ressaltou a importância de se levar reuniões de comissões em cidades e comunidades mineiras, para expandir os trabalhos do Legislativo. “Organizando as pessoas e fazendo as articulações necessárias, garantimos conquistas importantes para Brumadinho. Já conseguimos a iluminação de campos de futebol na região, em parceria com o governo do Estado. Já o fornecimento de água a dezenas de famílias nos Bairros Retiro do Brumado e Varjão 1 e 2, foi resultado de ações junto à Copasa. Destinamos também mais de R$ 200 mil em emenda parlamentar para a saúde do município e para o projeto do restaurante dos agricultores”, finalizou.



Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes