Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Ivair Nogueira acredita em união de municípios para combater violência em Betim

Núcleo de Comunicação do Bloco Minas Melhor

Foto: Agência Minas

Para combater os altos índices de violência que a cidade de Betim atingiu nos últimos anos, considerada a mais violenta do Estado, foram discutidas medidas de enfrentamento à criminalidade no município durante audiência pública da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, na terça-feira (08/05). O deputado Ivair Nogueira (PMDB) requereu a reunião para encontrar soluções que envolvam os municípios vizinhos, numa força tarefa em diferentes frentes socioeconômicas, com ênfase na segurança e educação, pois essa é uma questão comum às outras localidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

“Temos a convicção de que somente com um plano de segurança integral para a Região Metropolitana cercaremos os bandidos que migram de uma cidade para outra. E sabemos que um efetivo de 120 novos policiais está sendo enviado para Betim, sinal da preocupação do governo do Estado em atender as necessidades da população. Mas o processo é longo, sendo necessários investimentos em projetos sociais de saúde, cultura e educação, pois não será por um milagre que o problema ira se resolver”, avaliou o parlamentar.

Manutenção - Durante a audiência, as autoridades presentes informaram que a população de Betim está recolhendo assinaturas contra o fechamento das companhias 187 e 188, da Polícia Militar, localizadas nos bairros Jardim Alterosa e PTB. Ivair Nogueira se mostrou contrário aos fechamentos e prometeu lutar pela manutenção e ampliação da presença da polícia na cidade.

Queda - O subsecretário de Estado de Segurança Pública, Danilo Emanuel de Oliveira Santos, informou que o governo do Estado é sensível aos problemas e vem realizando investimentos em segurança pública na cidade desde 2016, e que os resultados já aparecem com a queda dos índices de criminalidade que diminuíram em cerca de 35%, segundo dados do Observatório Cidadão.

Essas informações foram reforçadas pelo coronel PM Júlio Cézar Raquel de Paula, secretário de segurança pública de Betim. Conforme afirmou, no primeiro quadrimestre de 2018, houve uma redução de 40% nos homicídios em relação ao mesmo período de 2016, graças, entre outros pontos, ao trabalho de inteligência do Grupo de Intervenção Estratégica. “Alguns setores de oposição ao governo tem dito que isso é maquiagem, mas não podemos maquiar números de homicídios consumados, portanto a cidade está com a criminalidade em franca redução”, afirmou.

Crescimento desordenado - O adensamento populacional e ocupação desordenada em bairros  sem infraestrutura transformaram Betim em uma cidade com graves problemas sociais. Atraídos pela promessa de emprego nas indústrias, principalmente a Fiat Automóveis, que não se concretizaram ao longo das últimas décadas, gerou bolsões de pobreza e de violência, e que só se agravaram com atual crise econômica. A população vive em constante clima de tensão e até os bairros mais centrais têm sofrido com a falta de programas de combate à pobreza e apoio de assistência social. Betim é o município mais violento de Minas Gerais, com uma taxa de homicídios de 51,5 a cada 100 mil habitantes, conforme apontou a edição de 2017 do Atlas da Violência, estudo produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes