Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Deputados do PT adotam oficialmente sobrenome Lula

Núcleo de Comunicação - Bloco Minas Melhor

Foto: Assessoria de Comunicação - Dep. Paulo Guedes

Em protesto à arbitrariedade de parte do Judiciário brasileiro que pediu a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sem provas de nenhum crime, os deputados que compõem a bancada do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa de Minas Gerais adotaram de forma oficial, “Lula” como parte de seus nomes parlamentares.

A mudança dos nomes foi adotada pelos nove parlamentares do PT e estão expostos no Painel de votação. “A alteração do nome parlamentar simboliza uma manifestação política da bancada do PT contra a perseguição sofrida pelo ex-presidente Lula e contra o desrespeito aos ritos jurídicos”, ressaltou o líder André Quintão. 

Para o 1° Secretário da Assembleia Legislativa, deputado Rogério Correia, a inserção do nome do ex-presidente faz parte de uma jornada internacional em prol da liberdade de Lula. “Lula é inocente e foi o melhor e mais popular presidente que tivemos no Brasil, graças aos programas de distribuição de renda, aos investimentos na saúde, na educação, nos programas de moradia e incentivo à agricultura e pela retomada da economia e da soberania nacional, que agora está sendo entregue ao capital estrangeiro”, afirmou. 

O vice-líder do governo, deputado Cristiano Silveira, lembrou que há um conjunto de juristas do Brasil e de outros países que estudaram o processo e que apontam irregularidades na prisão do ex-presidente.

Ele lembrou ainda que a solidariedade a Lula tem sido manifestada por lideranças políticas de países da América do Sul, dos Estados Unidos, Espanha, França e da Grã-Bretanha. “Sabemos que a prisão do ex-presidente Lula é política. Trata-se de um processo eivado de vícios e irregularidades”, declarou o deputado Cristiano Silveira.

O parlamentar lembrou que Lula não teve o direito de usar todos os instrumentos judiciais possíveis para pleitear a concessão do habeas corpus. “Queria ver se alguns parlamentares teriam coragem de colocar o nome de ‘Aécio’ caso ele seja condenado. Entregaram o Aécio às cobras. Não faremos isso com Lula”, frisou Cristiano Silveira.

O deputado Paulo Guedes disse que não há motivos para a bancada do PT “esconder” o apoio dado a Lula e também cobrou um posicionamento dos apoiadores de Aécio Neves, senador do PSDB, que na tarde de terça-feira (17/04) virou réu por corrupção no Supremo Tribunal Federal (STF).

“Eu queria um contraponto dos deputados da oposição. Achei que ia ver alguns nomes mudados, mas eles têm vergonha do líder político que representam”, disse.


Fugiu - O líder do bloco de oposição, Gustavo Corrêa (DEM), que criticou o protesto da bancada do PT, foi questionado pela imprensa se adoraria “Aécio” como nome parlamentar, mas se furtou a fazer a alteração. “Acho que os deputados têm todo o direito de colocar [o nome de Lula]. Eu afirmo que sempre continuarei a defender os governos passados”, disse.



Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes