Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Ulysses Gomes critica a incitação de ódio de Attiê e cobra postura mais corajosa do parlamentar

Décio Junior - Núcleo de Comunicação Bloco Minas Melhor

Foto: Guilherme Bergamini / ALMG

A incitação de ódio e as ofensas proferidas pelo deputado Felipe Attiê (PTB) durante a reunião da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária de quarta-feira (11/04), foram duramente criticadas pelo deputado Ulysses Gomes (PT). A polêmica se deu depois que Attiê, em vez de defender o conteúdo de um Projeto de Lei de sua autoria, usou a palavra para criticar de forma chula e com chacotas o atual governo do estado, que enfrenta uma crise financeira causada por um rombo financeiro de mais de R$ 7 bilhões, deixado pelo grupo de Attiê. O parlamentar fez ofensas também à ex-presidente Dilma Rousseff, que, na semana passada, transferiu o domicílio eleitoral dela para Minas Gerais e está cotada para ser candidata ao Senado.

“Pena ele querer medir os outros pela régua dele ou do grupo dele. Não tem reconhecimento do que eles (os que integraram os governos do PSDB) aprontaram com o estado e brinca, falando de malandragem e jeitinho, mas é a malandragem que o grupo dele, que governou Minas Gerais por 20 anos, que quebrou o estado”, lembrou.

Ulysses reconheceu que a situação atual não é “nada boa” e chamou a atenção de Felipe Attiê pelo histórico da gestão do Executivo. “Resolveram o estado? Quebraram o estado e aqui vem falar de malandragem e de jeitinho? Se enquadra, pelo amor de Deus, não dá para ficar aguentando essa palhaçada aqui”, lamentou.

O deputado também saiu em defesa das mulheres depois de ouvir Attiê chamar a ex-presidenta Dilma de “muiézinha”, e cobrou um debate de alto nível. “Mulherzinha? É uma baixaria ouvir isso aqui e nenhuma mulher é merecedora de um nível de palavreado deste nível, principalmente a presidente Dilma”, criticou Ulysses.

A falta de respeito do parlamentar que citou com descaso e ofensas as manifestações de trabalhadores e pessoas dos movimentos sociais contra a arbitrariedade do Judiciário no País e contra as provocações de ódio de setores da direita que comandam o golpe em curso, também foi rebatida por Ulysses Gomes. “Esse povo tem nome. Cada um tem nome, se vossa excelência não sabe, temos nome”.

Ulysses lembrou ainda que a bancada do PT protocolou um pedido para que o nome eleitoral dos parlamentares petistas fossem alterados no painel de votação da Assembleia Legislativa. “O meu nome é Ulysses Gomes de Oliveira Neto, filiado ao PT em 1998 com muito orgulho. Nome que agora no painel será Ulysses Lula Gomes, com orgulho que nós temos. Diferente de vossas excelências que apagaram as fotos do Aécio Neves do PSDB, que não têm coragem de responder pela suas histórias. Eu tenho orgulho da minha trajetória”, avisou.

Ao defender as mais de 1 milhão de filiados no PT em todo o País, Ulysses cobrou postura a Felipe Attiê e lamentou os confrontos a partir da incitação de ódio. “Vossa excelência não tem coragem de manifestar sua história que carrega a cruz de Aécio e do PSDB. Agora, lamento esse discurso que não contribui em nada, sobretudo no momento político que vivemos. Tem gente que não concorda com vossa excelência. E aí? Não podemos debater ideias? Melhorar? Reconhecer o que acertou e o que está errado? Não… tem que esquecer o passado, tudo o que aprontaram com o jeitinho e a malandragem do governo lindo e maravilhoso de vossa excelência e jogar toda a culpa para o PT. Então eu lamento”, disse.



Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes