Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Opinião

 
 

O mundo na Bahia, em defesa da democracia

Entre 13 e 17 de março foi realizada em Salvador-BA, mais uma edição do Fórum Social Mundial (FSM), reunindo delegações de diversos países do mundo, com destaque para as representações da América Latina.

Mesmo tratando de temas diversos – como direitos trabalhistas sob ataque no planeta, desafios ambientais, direitos humanos, combate à xenofobia, ao racismo, ao machismo e à homofobia – a edição do FSM em Salvador acabou polarizada pela questão do golpe no Brasil, que destituiu Dilma Rousseff, agride a soberania nacional com as atitudes adotadas por Temer, retira direitos históricos da maioria do povo e tenta impedir a candidatura de Lula à Presidência da República, sob o tacão das decisões judiciais.

Cerca de 60 mil participantes do evento, distribuídos em cerca de 1.300 atividades inscritas, tiveram a oportunidade de ter contato direto com Lula, em vários momentos.

O ponto alto foi o “Ato em Defesa das Democracias”, realizado no estádio do Pituaçu, na capital baiana. Com a presença de artistas, intelectuais, lideranças de delegações estrangeiras, lideranças políticas de diversos partidos, movimentos sociais e sindicais, Lula foi abraçado por uma multidão que gritava: “Eleição sem Lula é golpe”.

Lembrando a morte de Marielle Franco, Lula ressaltou que os inimigos do povo podem até matar as pessoas, prendê-las ou impedi-las de exercer seus direitos políticos, mas nunca vão assassinar suas ideias e seus sonhos. Dirigindo-se à Manuela D'Ávila (PCdoB-RS), presente ao ato, Lula a incentivou a continuar sua trajetória, reafirmando a importância das mulheres ocuparem, cada vez mais, espaços na política.

Lula fez um pronunciamento onde apontou, com números e fatos, o que ele e Dilma fizeram pelo País, no campo da educação, da saúde, do meio ambiente, da segurança, das obras, dos direitos das populações mais vulneráveis à exploração e à opressão, que resultaram em melhoria real das condições de vida das maiorias e no crescimento, sem precedentes, da credibilidade do Brasil internacionalmente.

A sensação que ficou da experiência do Fórum Social Mundial, Salvador 2018, é a de que não será uma decisão judicial e uma execução penal que vão encerrar a história e a trajetória de um líder político que nasceu no sertão nordestino, se fixou no coração do capitalismo brasileiro, colocou seu sindicato na vanguarda das lutas dos trabalhadores do Brasil e construiu um dos maiores partidos de esquerda do mundo.

As trincheiras da democracia estão ativas.


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes