Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Assembleia instala Comissão Extraordinária das Barragens

Patrícia Aranha

Foto: Clarissa Barçante

O presidente da Assembleia Legislativa, Adalclever Lopes (PMDB), instalou na quarta-feira (11/11) uma Comissão Extraordinária das Barragens. O grupo vai investigar a atividade minerária no estado, em especial a situação das barragens de rejeitos das mineradoras, avaliando causas, impactos e providências necessárias para que não se repitam tragédias como a que devastou o distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na Região Central, no dia 5, quando duas barragens de rejeitos de minério da Mineradora Samarco se romperam. O grupo vai apurar a situação das mais de 700 barragens similares em funcionamento no estado. Na quinta-feira, foram anunciados os nomes dos 11 deputados titulares e dos 11 suplentes que vão compor a comissão. (veja abaixo)

Na terça-feira, em reunião dos líderes e vice-líderes do Bloco Minas Melhor começou a coleta de assinaturas para a instalação de uma Comissão Parlamenta de Inquérito (CPI) para avaliar a situação das barragens e dos sete minerodutos em funcionamento. Até o final da noite, já haviam 40 assinaturas, número bem acima dos 25 necessários para instalação de uma CPI na casa. Porém, houve um acordo para que a CPI não fosse instalada, diante da proximidade do recesso parlamentar em dezembro que poderia interromper o processo de investigação.

O líder do Bloco Minas Melhor, Rogério Correia (PT), afirmou que a comissão extraordinária é necessária para dar uma resposta rápida ao que aconteceu em Mariana, mas avisou que além de o grupo trabalhar durante o recesso parlamentar em janeiro, vai lutar para transformar a comissão em CPI na volta dos trabalhos em fevereiro. “Eu pleiteio ser o relator da comissão extraordinária, mas como é muito grave o que aconteceu em Mariana, defendo que haja a CPI.

O deputado João Magalhães (PMDB), que teve a iniciativa de coletar as assinaturas para a CPI vai compor também a comissão extraordinária. O parlamentar considera inevitável a instalação de uma CPI em fevereiro.


A Comissão Extraordinária será composta por:



Efetivos

Suplentes

Deputado Rogério Correia (PT)

Deputado Doutor Jean Freire (PT)

Deputado João Magalhães (PMDB)

Deputada Marília Campos (PT)

Deputado Celinho do Sinttrocel (PCdoB)

Deputada Rosângela Reis (Pros)

Deputado Agostinho Patrus Filho (PV)

Deputado Glaycon Franco (PTN)

Deputado Thiago Cota (PPS)

Deputado Wander Borges (PSB)

Deputado Gustavo Corrêa (DEM)

Deputado Tito Torres (PSDB)

Deputado Gustavo Valadares (PSDB)

Deputado João Vítor Xavier (PSDB)

Deputado Gil Pereira (PP)

Deputado Paulo Lamac (PT)

Deputado Cássio Soares (PSD)

Deputado Inácio Franco (PV)

Deputada Celise Laviola (PMDB)

Deputado Iran Barbosa (PMDB)

Deputado Bonifácio Mourão (PSDB)

Deputada Ione Pinehiro (DEM)




Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes