Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Comissão aprova recondução de Evaldo Vilela à Presidência da Fapemig

Liderança de Governo e Assessoria de Comunicação da Assembleia
Foto: Luiz Santana/ALMG

A Comissão Especial da Assembleia encarregada de analisar a indicação do professor Evaldo Ferreira Vilela pelo governador Fernando Pimentel para a presidência da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) aprovou nesta terça-feira (27/02), por unanimidade, o parecer apresentado pelo deputado Durval Ângelo (PT), líder do governo na Casa, favorável à recondução de Vilela ao cargo. A aprovação ocorreu após sabatina promovida com o indicado pelo colegiado, em reunião acompanhada por diversos funcionários da fundação.

Durante a sabatina, Vilela apresentou uma série de dados da Fundação e contou que, entre 2014 e 2017, a Fapemig já investiu R$ 1 bilhão em pesquisas nas áreas científica, tecnológica e de inovação. Desse total, segundo ele, R$ 200 milhões foram aplicados diretamente em instituições do Estado, como as universidades Estadual de Montes Claros (Unimontes) e Estadual de Minas Gerais (Uemg), além de outras como a Fundação João Pinheiro (FJP), a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e até as polícias Militar e Civil.

“Consolidamos no Estado um sistema de tecnologia e inovação”, disse, acrescentando que o objetivo dos investimentos é “extrair benefícios para sociedade e melhorar a qualidade de vida da população na saúde, educação, segurança pública”. “Sem conhecimento, não é possível desenvolver”, sentenciou. E acrescentou que a Fapemig “tem grande apoio de Fernando Pimentel”, lembrando que o governador atuava como professor universitário.

Além de parlamentares, integrantes do Conselho Curador e de funcionários da Fapemig, a reunião contou ainda com a presença do secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Miguel Corrêa Júnior, que ressaltou ter dado total aval à decisão de Pimentel de reconduzir Vilela ao cargo.

Relacionamento com o Legislativo

O professor também elogiou o relacionamento da Fapemig com o Poder Legislativo, ressaltando que a Lei 22.929, de 2018, oriunda do Projeto de Lei (PL) 4.355/17, do governador, favoreceu a comunidade científica, ao regular as ações de cooperação entre as instituições estaduais de ensino superior e as demais instituições científicas e suas respectivas fundações de apoio.

O presidente da comissão especial, deputado Tadeu Martins Leite (PMDB) e o relator Durval Ângelo reconheceram o bom relacionamento entre as duas instituições, reforçado pela aprovação do projeto que deu origem à Lei 22.929.

Durante a arguição pública, Evaldo respondeu a questionamentos apresentados pelos parlamentares sobre destinação de recursos, metas e prioridades da Fapemig para o próximo mandato.

O presidente da fundação também referiu-se à “segurança jurídica” proporcionada pela nova legislação, citando ainda a Lei Federal 13.243, de 2016, que estabelece novo marco regulatório para ciência e tecnologia.

Currículo

O professor Evaldo é graduado em economia pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), mestre em entomologia pela Universidade de São Paulo (USP) e doutor em ecologia química pela University of Southampton, da Inglaterra. Também fez estágios de pós-doutorado nas universidades de Tsukuba (Japão), Nurnberg-Erlangen (Alemanha) e Berkeley (Estados Unidos).

É membro da Academia Brasileira de Ciências, foi reitor da UFV, secretário-adjunto de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, presidente da Sociedade Entomológica do Brasil e presidente da Fapemig na gestão anterior.


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes