Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Governador diz em mensagem que herança maldita dos tucanos não vai impedir a retomada do crescimento

Liderança de Governo
Foto: Guilherme Bergamini / ALMG

Em mensagem encaminhada à sessão solene de abertura dos trabalhos do ano na Assembleia Legislativa na quinta-feira (01/02), o governador Fernando Pimentel (PT) atacou a “herança maldita” deixada pelas administrações do PSDB no governo do Estado, mas afirmou que “o pior já passou e o melhor está por vir”. “Minas Gerais está mais preparada para enfrentar o que vier e 2018 será o ano dos mineiros”, diz o texto, lido no plenário da Casa pelo secretário de Estado de Governo, Odair Cunha.

Na mensagem, Pimentel ressaltou que o País vive um “terrível momento” devido à crise econômica, que, de alguma forma, afetou a todos. “Eu sei que para muitos mineiros a situação financeira do nosso Estado e a situação econômica do país são preocupações que se sobrepõem a todas as outras. Com razão. Se alguém não foi afetado pessoalmente por esta crise, provavelmente conhece um amigo, um vizinho, um membro da família que tenha sentido na pele as consequências desse terrível momento”, afirmou.

“O impacto da recessão nacional e da herança maldita que recebemos dos governos que nos antecederam é real e está em todo lugar”, acrescentou, lembrando ainda que, ao invés de tentar diversificar a economia mineira para fazer frente ao constante crescimento da folha de pagamento, as gestões tucanas optaram por projeto de “grande equipamentos públicos” com pouco benefício para a população. Em clara referência à construção da Cidade Administrativa pelo então governador e atual senador Aécio Neves (PSDB), obra que custou cerca de R$ 1,7 bilhão aos cofres públicos.

O governador ressaltou, porém, que o “peso dessa herança” e a crise nacional “sem precedentes” não vão impedir que o Estado continue retomando o crescimento. Porque, segundo ele, a resposta está nos próprios mineiros. “Vamos reconstruir o Estado, vamos recuperar nossa economia. Com diálogo, equilíbrio e muito trabalho, Minas emergirá mais forte do que nunca”, exalta o texto.

Perspectivas - O governador lembrou que, a partir de 2015, novas empresas e investimentos foram atraídos para Minas Gerais, que fechou 2017 como o segundo estado que mais gerou empregos no País

Pimentel citou também uma série de medidas adotadas pelo governo, avanços nas áreas de educação e segurança pública, além de projetos aprovados pelo Legislativo, que atraíram novos investimentos para o Estado e aumento na arrecadação. E defendeu a importância do Legislativo mineiro na construção de consensos para alavancar ainda mais o crescimento do Estado. “Precisamos unir todos os que amam esse Estado. Esse deve ser o ponto de partida para o debate e a Assembleia é um espaço privilegiado para construção de consensos para uma Minas Gerais cada vez melhor”, finalizou.




Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes