Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

André Quintão critica privatização de bancos públicos e anuncia audiência com trabalhadores e prefeitos

Núcleo de Comunicação Bloco Minas Melhor - Décio Junior

 Foto: Reprodução

O líder do Bloco Minas Melhor, deputado André Quintão (PT), alertou na terça-feira (21/11) para o efeito danoso da privatização dos bancos públicos que está sendo articulada pelo Governo Federal e que vai resultar na falta de financiamento de programas sociais e milhares de desempregos em todo o País. Em pronunciamento da tribuna da Assembleia, ele anunciou a realização de audiência pública em 27 de novembro, às 14h, na Comissão do Trabalho, da Previdência e da Assistência Social. “O deputado Celinho do Sinttrocel aprovou o requerimento para a realização deste debate que vai contar com a participação de trabalhadores, estudantes, dos sindicatos dos bancários e dos representantes municipais, pois estes também serão afetados”, afirmou.

André Quintão ressaltou que os bancos privados não têm interesse em se instalar em cidades pequenas e que só as instituições financeiras públicas assumem esse papel. “O banco privado visa a maximização do lucro. O direito ao atendimento bancário às pessoas mais pobres é exercido pelo banco público”, lembrou.

André reforçou que o papel importante que a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil tiveram nos governos Lula e Dilma financiando políticas públicas como o Fies, Pronaf e Minha Casa, Minha Vida. “O Bolsa Família teve como âncora a Caixa Econômica Federal. O Minas Casa, Minha Vida foi 95% financiado pelos bancos públicos. E em Minas Gerais, a oferta de crédito vinda de instituições públicas responde por 80% do total”, informou.

Em outra análise, ele lembrou que em todo o País, 15 instituições públicas respondem por 56% do crédito contra 44% oriunda de 150 bancos privados.

“Além disso, o BNDES é responsável pelos investimentos dos empreendedores do País, por obras de saneamento, mobilidade urbana, abastecimento de água nas regiões que mais precisam, como as cidades dos vales do Jequitinhonha e do Mucuri, por exemplo, e o Governo Federal quer privatizar tudo isso”, alertou.

O parlamentar lembrou que a postura do governo Temer é de prestigiar o lucro das instituições privadas que não se preocupam em baixar os juros. “Os bancos públicos funcionam e conseguem ter lucro, mas o diferencial é que este não é apropriado por acionistas, mas para um conjunto de políticas públicas que buscam garantir os programas sociais que atendem às pessoas menos favorecidas e com menos oportunidade neste país”.

Na segunda-feira (20/11), André Quintão debateu o tema em audiência pública na Câmara Municipal de Belo Horizonte, pedida pelo vereador Pedro Patrus (PT), e que também contou com a presença de lideranças sindicais e do deputado federal Patrus Ananias (PT).



Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes