Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Rogério Correia denuncia perda de R$ 1 trilhão ao País com renúncia fiscal a petroleiras

Núcleo de Comunicação Bloco Minas Melhor

Foto: Reprodução

Em pronunciamento na tribuna do plenário na terça-feira (31/10), o 1º secretário da da Assembleia Legislativa, Rogério Correia (PT), denunciou o governo Temer por estar “desmanchando o País” com a privatização de riquezas que incluem o Pré-sal. “O Brasil terá uma perda de R$ 1 trilhão após leilão do Pré-sal”, alertou o parlamentar.

O parlamentar lembrou que a própria Petrobras ficou fora do leilão do primeiro lote de exploração do Pré-sal e que o governo Temer concedeu às empresas petrolíferas uma renúncia fiscal por 25 anos. “São R$ 40 bilhões por ano até 2040 e com isso o País vai deixar de arrecadar R$ 1 trilhão em impostos. Enquanto isso o governo congela os gastos da Educação, da Saúde e corta investimentos em programas sociais como Bolsa família, Minha Casa Minha Vida, Pronaf entre outros. É um absurdo o que esse governo, sustentado pela ala do PSDB liderada pelo senador Aécio Neves, está fazendo com o nosso País”, alertou.

O parlamentar, que acompanhou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante a Caravana por Minas Gerais, disse que se o ex-presidente vencer as próximas eleições irá revogar os atos de desmanche do governo Temer. “Estive com o ex-presidente Lula e ele disse que se for eleito vai colocar sob referendo esses atos de Temer e se o povo decidir, vai revogar todas essas medidas”, avisou.

Rogério Correia denunciou também a compra de parlamentares federais com emendas que somam R$ 12 bilhões. O montante é o mesmo que o governo Temer arrecadou com a venda de quatro usinas da CEMIG no mês passado.

“É o mesmo valor que Temer pagou de emendas parlamentares para que não fosse investigado. Minas Gerais saiu perdendo 50% da geração de energia que vinha das usinas e a grandeza da sua maior empresa. O que o presidente Temer fez foi um crime contra Minas Gerais”, ressaltou.

Com a distribuição das emendas a parlamentares, o governo federal conseguiu garantir que a Câmara barrasse, pela segunda vez, prosseguimento de denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente.


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes