Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

André Quintão diz que viagem por cidades mineiras reanima a militância e os movimentos sociais


Ato de encerramento da Caravana Lula, dia 30/10, em Belo Horizonte

Núcleo de Comunicação Bloco Minas Melhor

Foto: Ricardo Stuckert

Uma experiência de intensa cidadania, com o reconhecimento das políticas públicas sociais implantadas e do legado dos governos do PT, mas também a indignação com os desmontes do novo governo federal. Essas foram as principais impressões que deixaram a Caravana Lula por Minas, segundo o líder do Bloco Minas Melhor, André Quintão (PT). O deputado fez um balanço positivo da viagem que percorreu mais de 1.700 quilometros no estado, passando por 20 cidades de mais de cinco regiões, reunindo milhares de cidadãos em torno do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Foi impressioante rever Lula em caravanas, hábito que ele mantém pelo Brasil afora, mesmo antes de ser presidente. Num momento grave de perdas de direitos sociais e institucionais, foi gratificante ver e ouvir sua defesa de programas de inclusão social, de democratização do acesso de jovens às universidades e a vinculação da figura dele com os anseios e necessidades do povo brasileiro”, avaliou André Quintão.

O parlamentar presenciou dezenas de reuniões e encontros do ex-presidente com lideranças sociais, populares e beneficiários das políticas públicas em todas as cidades. E também com quilombolas, indígenas, jovens de institutos tecnológicos, mães que recebem Bolsa Família e agricultores familiares. Lula quis ouvir as pessoas e constatou o sentimento de revolta e desesperança com as recentes perdas de direitos, particularmente as das políticas de inclusão que retiraram o Brasil do Mapa da Fome. “Um esforço vitorioso dos governos do PT, que resgatou 40 milhões de brasileiros da pobreza e lhes ofereceram dignidade humana e familiar”, afirmou Quintão.

“Ouvimos a indignação dos trabalhadores contra a reforma trabalhista, e não só por militantes partidários, mas do povo em geral, que está voltando para a linha da pobreza. Divulgaram recentemente 62 mil homicídios ocorridos em 2017. Esses dados vão aumentar, pois sem uma rede de proteção social, não enfrentaremos a violência, que é fruto do abandono governamental”, alertou André Quintão.

Eleições garantidas - Durante a viagem, a população comentava com os participantes da Caravana sobre a preocupação com as eleições em 2018, para que elas estejam garantidas, já que há um clima de insegurança institucional com as perseguições aos políticos que se opõem ao governo Michel Temer. A solidariedade das pessoas com a ex-presidente Dilma nas cidades era visível, sendo recebida com aplausos e saudações por onde passava. "Cada dia mais a população está convencida de que o impeachment foi um golpe parlamentar para retirar direitos e aumentar a corrupção no País. E as perseguições ao Lula, que lidera todas as pesquisas para as próximas eleições, está dando ao povo a impressão nítida que, eleições em 2018 sem Lula candidato, será outro golpe na nossa democracia", pontuou André Quintão.



Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes