Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Frente em defesa da Cemig convoca mineiros contra a privatização de usinas

Décio Junior - Núcleo de Comunicação Bloco Minas Melhor

Foto: Patrícia Aranha

A Frente Mineira em Defesa da Cemig realizou na sexta-feira (15/09),  na usina de Jaguara, mais uma manifestação contra a privatização de quatro usinas da Cemig que está sendo proposta pelo governo federal. Parlamentares da Frente alertaram que, se o leilão acontecer, a União deve arrecadar cerca de R$ 11 bilhões, mas para recuperar esse investimento, a empresa que adquirir as usinas poderá distribuir o valor na conta de luz do consumidor, seja ele pessoa física ou jurídica.

O governo federal quer vender as usinas de Jaguara, São Simão, Miranda e Volta Grande

Segundo o deputado Cristiano Silveira (PT), que participou da manifestação, o reajuste previsto pode dobrar o valor da conta de luz para os mineiros. “O leilão das usinas vai trazer altos custos inclusive para o setor produtivo. Na manifestação que fizemos na usina de Miranda, na semana passada, o presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG), Olavo Machado, afirmou que o custo de produção no estado vai ficar mais caro se as usinas forem vendidas”, lembrou.

O coordenador da Frente, deputado Rogério Correia (PT), disse que o leilão é um “desastre para Minas Gerais” e que teme a gestão dos recursos hidrelétricos por grupos estrangeiros.

“Imagina se uma empresa chinesa ganha o leilão? Queremos evitar que isso ocorra, por esse motivo nossas manifestações têm tido apoio da CUT, sindicatos, movimentos sociais e entidades das classes empresarial e comercial do estado. Este é um movimento de Minas e precisamos da força do nosso povo contra essas privatizações”, alertou.

O deputado Bosco (PTdoB) disse que a presença de prefeitos e vereadores da região de Sacramento, onde está localizada a usina, ajuda a fortalecer as manifestações contra o leilão. “Jaguara é uma usina estratégica, responsável por 10% da produção de energia fornecida pela Cemig. Por isso várias lideranças do alto do Paranaíba vieram fortalecer a Frente, para que possamos sensibilizar o governo federal a não vender essas usinas”, disse.

O deputado Geraldo Pimenta (PCdoB) comentou que além das manifestações nas usinas, a Frente Mineira de Defesa da Cemig está organizando uma ofensiva jurídica para impedir o leilão.

Durante a semana, a Frente anunciou novas medidas, entre elas a mobilização de entidades em ações populares na Justiça e a atuação do Ministério Público (MP) por meio de ações civis públicas movidas junto às varas federais no Estado.

“O governo federal já privatizou as leis trabalhistas, está lesando o trabalhador com a reforma previdenciária e agora quer levar prejuízo ao bolso dos mineiros. Por ser contra todas essas ações é que estamos na rua e nas usinas para defender o patrimônio dos mineiros que é a Cemig”, finalizou o deputado Rogério Correia.


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes