Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Frente em Defesa da Cemig vai a Brasília tentar barrar leilão

Comunicação Bloco Minas Melhor

Foto: Ricardo Barbosa / ALMG

A Frente Mineira em Defesa da Cemig pretende mobilizar a sociedade contra a ameaça de venda da estatal. Em reunião, nesta segunda-feira (31/07), no salão nobre da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), liderada pelo 1º secretário da Casa, deputado Rogério Correia (PT) – com a presença de autoridades, representantes da Cemig e de diversos movimentos sociais e sindicais – foram estabelecidas três frentes de luta. Além das ações judiciais contra a venda das usinas de São Simão, Jaguara e Miranda, foi marcado um encontro para o próximo dia 8, em Brasília, quando um abaixo assinado ( clique no link ) será entregue aos deputados federais e senadores. Por fim, foi marcado um grande ato público no Triângulo mineiro para tentar reverter a decisão do governo. A suspensão do leilão das usinas, na semana passada, foi considerado apenas um recuo.

Rogério Correia ressaltou que o governo Temer não pode resolver as dívidas federais às custas da privatização. “ Estamos mobilizados pois não se pode resolver o problema de déficit fiscal de um ano, vendendo uma empresa do porte e da importância da Cemig. Essa intenção do governo federal, para o nosso estado seria um problema político grave e, para o cidadão, um prejuízo enorme nas contas domésticas, com o aumento da luz”, alertou o deputado.

A Frente Mineira, lançada no último dia 24 de julho na ALMG, é integrada por parlamentares, representantes do Executivo, do Ministério Público (MP), de movimentos sociais e de de trabalhadores.

Encontro com STF - As ações judiciais em andamento querem evitar definitivamente o leilão e fazer prevaler o contrato da Cemig com a União por mais 20 anos, como determina a lei. Além do abaixo assinado, os deputados querem discutir com os parlamentares em Brasília, no dia 8, a proposta de um projeto legislativo que estabeleça a nulidade do leilão. A deputada federal Jô Moraes (PCdoB), que participou da reunião, ficou responsável pela confirmação da data e de uma reunião com o ministro do Superior Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli, responsável por analisar os recursos que o governo do estado e a Cemig, estão movendo contra os atos para o processo de privatização da estatal mineira.

Está sendo organizado para 18 de agosto um grande ato público na Usina de São Simão, no Triângulo Mineiro, com presença de deputados estaduais e federais, autoridades do governo do estado e da Cemig, além de sindicatos e movimentos sociais. Nesse dia, está prevista a realização de uma audiência pública no local, para discutir os efeitos negativos que essa movimentação do governo federal já está causando em Minas Gerais.

O coordenador-geral do Sindieletro, Jeferson Leandro Silva, reforça a importância da adesão ao abaixo assinado, que também está sendo divultado pela internet, para pressionar o governo. “Queremos explicar ao público a gravidade desse leilão, pois essas usinas representam quase 50% da energia gerada pela Cemig. A população tem o direito de se manifestar e pode barrar esse processo”, informou o sindicalista.

Além de prejuízos à economia do Estado, o leilão das três hidrelétricas poderá acarretar um aumento na conta de luz do consumidor residencial, como forma de os novos donos recuperarem o investimento de até R$ 11 bilhões pago pelas novas concessões.

Rogério Correia encerrou o encontro reafirmando a necessidade de envolver a sociedade na luta contra a privatização. “Queremos garantir que a Cemig continue na mão dos mineiros e para isso é fundamental que a opinião pública esteja informada de todo o processo que está acontecendo. Além das mobilizações nas redes sociais, estamos marcando um ato público em Belo Horizonte para os próximos dias”, finalizou.


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes