Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes
 
 
Logo Minas Sem Censura Newsletter

Mais Notícias

 
 

Violência contra servidores da educação em pauta no Plenário

Núcleo de Comunicação Bloco Minas Melhor

Foto: Luiz Santana/ ALMG


Punição para atos de violência contra professores e servidores nas escolas do estado foi aprovado em segundo turno por unanimidade de votos na Comissão de Segurança Pública e está pronto para seguir para o Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. A ideia e garantir a integridade física, psicológica e psiquiátrica dos profissionais ligados a educação no Estado.

O PL 3.874/2016, cujo primeiro signatário é o líder do Bloco Minas Melhor, André Quintão (PT), atende a uma solicitação antiga dos servidores e foi elaborado por meio da escuta dos servidores sobre quais os problemas e as possíveis soluções, para que a lei pudesse atender a categoria da melhor forma possível. Segundo o 1° secretário da Casa, deputado Rogério Correia (PT), o projeto atua tanto na prevenção quanto na proteção dos servidores. “Serão realizados seminários sobre a relação professor, aluno e trabalhador da educação, colocando nesses seminários profissionais que possam conscientizar tanto estudantes quanto trabalhadores sobre o papel que devem exercer no ambiente escolar. Além disso, para que os casos de violência física e verbal sejam averiguados com maior rapidez e punidos”, explicou ele.

A diretora do SindUte Patrícia Pereira destacou o método de construção do projeto, que ouviu os professores das diversas localidades do estado. “Espero que a lei seja amplamente discutida nas escolas e faça parte do projeto pedagógico, com  o amparo da Secretaria de Estado da Educação e que também dê acolhimento ao trabalhador que sofre violência no ambiente escolar. Porque a violência no ambiente escolar quase não é caracterizada”, justificou.

Rogério Correia acredita que a lei vá servir de exemplo  nacional e afirma que o principal ponto é a prevenção. “Outro ponto forte do projeto é a existência dentro do interior da escola da tolerância. O projeto prevê que preconceitos e intolerâncias não fazem parte do ambiente escolar. Isso ajuda a diluir e muito as tensões que possam existir no interior de uma escola”, ressalta.


Logo Minas Melhor Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Rua Rodrigues Caldas, 79 - 3º andar
Santo Agostinho - BH / MG

(31) 2108-7597 minasmelhoroficial@gmail.com
Copyright 2016 Minas Melhor.
Facebook Youtube Twiter Sound cloud
nas redes